LETRAS
FacebookTwitterIn

Apresentação

O curso prioriza a formação do docente de Língua Portuguesa e suas Literaturas como sua grande intenção. Visamos dialogar com a língua, como uma representação sociocultural que ultrapassa a comunicação em expressões que configuram a metalinguagem, em um universo dos signos, do discurso e da cultura linguística em busca de significados que estejam nos ditos, interditos e não-ditos de nossa região.


A participação direta do professor como agente no processo educacional da comunidade faz com que o curso discuta assiduamente as novas questões que surgem e impõem novas temáticas. Através delas balizamos nossas ementas, em prol da autonomia intelectual que o curso objetiva prover em seus egressos. 

Mantendo as premissas básicas que norteiam o Curso de Letras, formação continuada, interdisciplinaridade e inserção na comunidade, as atividades curriculares e extra-curriculares têm, como viés, temáticas que discutam a preservação do meio-ambiente, em defesa da identidade geográfica regional, e a preservação patrimonial, desde os poucos registros sobre os índios goitacás, em defesa da identidade da comunidade na região. 

Visamos penetrar no mundo das linguagens e buscar no formalismo e eruditismo do passado a fundamentação da vida humana que perpassa através de textos literários e de signos na pós-modernidade. Conforme sinaliza Barthes (1998), o segredo do texto é visualizar a palavra como representação do real. A intenção que move todo o processo de reformulação do Projeto Pedagógico do Curso de Letras é possibilitar, na formação de professores egressos, a perspectiva das linguagens que estão no mundo contemporâneo. É essencial que este novo professor utilize os saberes em favor da língua como comunicação, intenção e travessia para novas formas de representação.


CONTEXTUALIZAÇÃO


DADOS CADASTRAIS DO CURSO

Denominação:

LETRAS
Habilitação em Português-Inglês
Habilitação em Língua Portuguesa e suas Literaturas

Área:

Ciências Humanas

Modalidade:

Presencial

Titulação:

Licenciado

Resolução de criação do curso

Aprovação do Curso

Decreto n° 50.401, de 03/04/1961

Renovação do Curso

PORTARIA MEC/SERES Nº 286, 21/12/2012

Criação do Centro

Portaria nº 3433 de 22.10.2004 (D.O.U. de 25.10.2004)

Regime acadêmico:

Seqüencial Semestral

Tempo de Integralização:

Modalidades

Habilitação em Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa

Tempo mínimo de integralização

6  Semestres

Tempo máximo de integralização

10 semestres

Carga horária

cronológica

2850 horas

Turnos de oferta

Noturno

Campus

Campus I
Rua Tenente Coronel Cardoso, 349
Campos dos Goytacazes – RJ
28.013-460

Avaliação Externa/ ENADE

ANO

ENADE

CPC

2014

2

2

2011

3

3

Coordenação

Prof. Esp. Maria Emília Marotta Juncá Balbi
Graduada em Letras, Português-Inglês (1977) e Especialista em Educação Brasileira (1995)

Contato

mebalbi@gmail.com






Prova Multidisciplinar- PMD


PMD - PROVA MULTIDISCIPLINAR Regulamentação Prezados Coordenadores de Cursos, Professores e Alunos. Tendo por base as necessidades acadêmicas do Sistema de Avaliação Institucional fica instituída a Prova Multidisciplinar (PMD), a ser realizada por todos os alunos do UNIFLU, a cada semestre letivo, para ser computada na A2, com valor a ser estipulado pelo professor da disciplina, dentro da pontuação de 0 (zero) a 2(dois) pontos. ESTA PROVA TEM O OBJETIVO DE INTEGRAR OS DIFERENTES PERÍODOS E DISCIPLINAS DE CADA CURSO. Para os campi I e II serão aplicadas no mesmo dia para todas as turmas, uma prova de 40 (quarenta) questões de múltipla escolha com opções de A até E contemplando conteúdos de cada uma das disciplinas dos cursos, extraídas de provas aplicadas em concurso, vestibulares e ENADE, ou formuladas pelos próprios professores da disciplina. O aproveitamento do aluno será verificado através de elementos de comprovem a eficiência nos estudos e o aprendizado, cuja avaliação deverá levar em conta não só o desempenho das tarefas e conhecimentos específicos de cada disciplina, mas os conhecimentos gerais acumulados. Os alunos obterão além do percentual de notas da A2, 05 horas de atividades complementares devido ao tempo dedicado a realização da prova. Campos dos Goytacazes, 03 de outubro de 2014. Direção Acadêmica Profª. Tânia Maria da Costa e Silva Alberto Direção Administrativa Profª Maria Beatriz Bogado

 



Trabalho de Conclusão


ORIENTAÇÕES PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC):

ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO

► O relatório referente ao Estágio Curricular Supervisionado deve seguir a metodologia indicada para os trabalhos científicos, visando a uma melhor apresentação.