NOTÍCIAS
Facebook Twitter
26 de Março de 2018

CONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTO

CONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTOCONGRESSO DE DIREITO DO UNIFLU É SUCESSO ABSOLUTO
Um sucesso de público – assim pode ser definido o I Congresso Jurídico do UNIFLU, realizado em comemoração aos 58 anos da antiga Faculdade de Direito de Campos, precursora do Curso de Direito do atual Centro Universitário Fluminense.
 
O auditório ficou completamente lotado em todas as palestras, numa demonstração do grande interesse que a programação do evento e os palestrantes despertaram na comunidade acadêmica.  Na plateia sempre atenta às exposições e participativa nos debates, estavam alunos de todos os períodos, além de professores do curso de Direito do UNIFLU, que dispensaram suas turmas para prestigiarem o evento. 
 
O Congresso foi uma realização do UNIFLU, representado pelo professor Rafael Crespo, incansável em todos os detalhes, com o apoio dos professores do futuro programa de Pós-Graduação Stricto Sensu, representados pelos professores-doutores Marcelo Lessa Bastos, futuro Coordenador, e pelos professores-doutores Cristiano Miller e Inês Ururahy, que atuaram na organização do evento.
 
Os professores-doutores do futuro Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu também marcaram presença nas palestras, com temas atualíssimos: o professor-doutor Marcelo Lessa Bastos discorreu sobre os Aspectos Penais e Processuais Penais decorrentes da Intervenção Federal no Estado do Rio de Janeiro; o professor-doutor Carlos Alexandre de Azevedo Campos sobre Justiça Tributária e Interpretação Constitucional; e o professor-doutor Cristiano Miller sobre a Recorribilidade das Decisões Interlocutórias no novo CPC.  O Congresso recebeu, também, como visitantes, o renomado professor José dos Santos Carvalho Filho, que discorreu sobre os Aspectos Jurídicos e Sociológicos da Ética Social; e o também renomado professor-doutor Marcelo Novelino, que tratou da Abstrativização do Controle Incidental e a Mutação do Papel do Senado.  Completaram a equipe de palestrante os professores-mestres Fernando Miller e Fábio Miler, que trataram, respectivamente, da Coisa Julgada no novo CPC e das Tutelas Provisórias, e o professor Rafael Crespo, que abordou os Aspectos Constitucionais da Intervenção Federal no Estado do Rio de Janeiro, todos professores do UNIFLU.
 
A Operação Lava Jato também foi destaque no Congresso, com um concorrido painel, mediado pelo Jornalista Aluysio Abreu Barbosa. Participaram, como debatedores, o Juiz de Direito Eron Simas, o Promotor de Justiça Victor Santos Queiroz, o Advogado Antônio Carlos Filho e o Odontólogo Alexandre Buchaul.
 
O sucesso do Congresso é o prenúncio de que muitos outros virão. Apesar da denominação I Congresso, é certo que o UNIFLU tem uma larga experiência na organização de eventos acadêmicos, fruto do anterior Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu, que se desenvolveu por mais de 10 anos, entre 1999 a 2010.   Tal experiência foi se acumulando com a organização de Semanas Acadêmicas, além das apresentações do Grupo de Pesquisa Interinstitucional de Desenvolvimento Municipal/Regional/ITEP-UENF/UNIFLU, quem têm sido uma constante. E, agora, na iminência da retomada do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu do UNIFLU, Congressos, Seminários e demais eventos acadêmicos farão parte do cotidiano do Centro Universitário, para gáudio da Comunidade Acadêmica e de toda a Sociedade local. 
ACESSO RÁPIDO

++ LEIA MAIS NOTÍCIAS ++
Facebook Twitter